ÍBIS EM 2010

Caro Torcedor

Finalmente o Ibis volta a campo para disputar a série A2 do campeonato Pernambucano de 2010.

Os jogos do Pássaro Preto serão no estádio da Cidade de Itambé, na divisa entre Pernambuco e Paraíba.

O time está treinando segundas, quartas e sextas, num campo de várzea em Olinda.

Não há patrocínios e nem fornecedor de material esportivo.
 Se você tiver como nos ajudar, seria muito bom para o time, que já estréia na série A2 no dia 9 de maio.
 
A tabela já está disponível no site da federação.

Baixe a tabela do campeonato em

http://www.fpf-pe.com.br/pe_a2_10.htm

Contamos com sua ajuda para levarmos o Íbis à Série A em 2011!

Saudações Ibienses

INTERNAUTAS VÃO ESCOLHER OS NOVOS ESCUDO E UNIFORME
A diretoria do Ibis decidiu! A definição dos NOVOS ESCUDO e UNIFORME serão feitos por escolha direta dos visitantes do Site Oficial www.ibissportclub.com.ww.ibissportclub.com.  

   A Diretoria de Marketing e Imagem tem o prazer de apresentar a votação os novos Uniformes propostos para o Ibis Sport Club. Esta votação definirá os novos escudos e uniformes do Ibis integrados no Projeto Século XXI e terá duração até 31/12/2008.

OPÇÕES DE ESCUDOS E UNIFORMES

 

 

 

PROJETO ÍBIS

 Reprodução/Site oficial

   Hoje, 15 de novembro, é o aniversário do nosso querido Íbis, um dos clubes mais famosos do Brasil. Porém, o reconhecimento não veio pela conquista de muitos títulos, mas por ser chamado de "Pior time de mundo". O Ibis completa 70 anos de história e anuncia uma série de novidades, inclusive a construção de um centro de treinamento no valor de R$ 15 milhões. É isso mesmo, o clube fechou uma parceria com uma empresa de financiamentos e investimentos corporativos para buscar novos patrocinadores e mudar a visão que o Brasil tem do time.  A parceria já está fechada e queremos um Ibis forte em 2009. Fiquei muito feliz com a procura dessa empresa e sei que poderemos realizar um bom trabalho. Temos uma reunião marcada com alguns prefeitos e vamos apresentar nossos projetos - diz o presidente do clube, Ozir Ramos Júnior, por telefone de Paulista-PE.

   O projeto, deste ano, inclui a formação da empresa Ibis Sport Club Ltda. Ela será responsável pela administração do time e de tudo que envolve a marca. Seus executivos já estão em conversas com clubes europeus e possíveis parceiros financeiros, como uma empresa de telefonia celular, um banco português e uma empresa de refrigerantes. Com todas essas novidades, a diretoria vai criar um novo escudo que será escolhido pela torcida através do site oficial do clube.

   O clube, que está na Segunda Divisão de Pernambuco, também pretende realizar um trabalho social chamado de “Projeto Futebol Cidadão” com as futuras instalações. A idéia também será passada a uma escola particular para que ela possa ter uma unidade dentro do clube e ministrar as aulas dos atletas de renda familiar mais baixa. 

   O Ibis vai trazer um modelo de administração europeu que também está voltado na formação de cidadãos. Pretendemos criar uma estrutura para receber as crianças em nossas instalações e fazer com que elas possam ter uma oportunidade através do esporte. Esse projeto será apresentado para algumas prefeituras, alguns clubes europeus e empresas privadas - revela Felipe Fernandes, diretor da empresa Finincorp, parceira do clube. 

    Confira os prazos estipulados dentro do planejamento do clube:

   - Centro de Treinamento até fim de 2009
   - Ter até 20 mil sócios até o final de 2010
   - Voltar a Primeira Divisão de Pernambuco até 2010
   - Disputar o Brasileirão da Série C até 2012
   - Classificar-se para o Brasileirão da Série B de 2014

NOVO ÍBIS
ibis
 
 
   O Íbis Sport Club é conhecido mundialmente como o pior time do mundo. Mas, essa fama deve mudar. A Finincorp, empresa de investimentos, assinou um contrato com o clube para buscar novos patrocinadores e transformar o Íbis em um grande clube de futebol. Dentre os objetivos do projeto está a construção de um Centro de Treinamento no valor de R$15 milhões.

   O projeto é grandioso, mas além da questão financeira, o que importa mesmo é o modelo de gestão que deve ser implantado no clube. O Íbis será um exemplo para os grandes clubes, com uma administração profissional, o novo clube pretende chegar à série B do campeonato brasileiro até 2014.

   A empresa que irá captar investidores já negocia com clubes europeus e grandes empresas mundiais. Mas, além do CT, o projeto conta com um investimento no marketing, usando a visibilidade do Íbis, será criado um novo site, novo escudo, novo uniforme, etc. O objetivo é transformar o Íbis em uma marca rentável dentro do futebol.

   Independente do quanto será investido e se o Íbis irá conquistar campeonatos, o importante é o modelo de gestão que será aplicado. O Íbis será um clube profissional, e em breve deixará de ser o “pior time do mundo”. Daqui a alguns anos veremos o resultado.

COMO NASCEU O ÍBIS

http://br.youtube.com/watch?v=nW3drNZrBR4

(clique para assistir o vídeo)

   O Íbis Sport Club nasceu da Tecelagem de seda e algodão em Santo Amaro, em Pernambuco, no dia 15 de novembro de 1938. No início, apenas funcionários participavam do time.

   O Íbis começou a ficar famoso após a presença de Onildo Ramos, gerente da empresa. Ele assumiu o time após a morte de João Pessoa de Queiroz, já que os herdeiros não quiseram ficar com o time. Onildo adotou o pássaro preto como símbolo, que permanece até hoje.

  Mas os dias de "glória" surgiram na década de 70, graças a nove derrotas consecutivas e depois uma seqüência de 23 jogos sem vitórias. Começou a surgir o pior time do mundo. O apelido pegou e é orgulho dos torcedores e dirigentes.

  O Íbis está definitivamente na história do Campeonato Pernambucano. O pássaro preto tem cinco derrotas entre as maiores da competição: Náutico 11 x 0 Íbis, em 1958; Santa Cruz 11 x 0 Íbis, em 1976; Santa Cruz 13 x 0 Íbis, em 1978; Sport 11 x 0 Íbis, em 1980; e Santa Cruz 13 x 0 Íbis, em 1981.

mas nem só de derrotas vive o Íbis. Três vitórias históricas estão na memória do torcedor. Elas foram há muito tempo: 1 a 0 sobre o Náutico, em 1961; 1 a 0 sobre o Santa Cruz, em 1965; e 1 a 0 no Sport, em 1967.

 

O ÍBIS MERECE RESPEITO

http://br.youtube.com/watch?v=bZFSEs4kPv0

(clique para assistir o vídeo)

ÍBIS ACIMA DE TUDO

Perguntei certa ocasião a um antigo dirigente do Pássaro Preto qual era o hino do time e ele então me respondeu: "existem algumas músicas que falam do time mas não tem hino oficial". Então tive a idéia de escrever a letra de um hino para o querido Íbis. Procurei retratar na letra a paixão de todo torcedor ibiense. Ajudado por dois amigos que fizeram a música, enfim fizemos o hino. De forma artezanal, gravado em computador, fizemos quatro cópias, as quais hoje estão uma comigo, uma com um dos amigos, uma com Mauro Shampoo, no "Museu do Íbis" (sua barbearia) e a última foi entregue ao então presidente do clube Ozir Ramos Jr., que recebeu um cd com o hino gravado e a partitura da música e se prontificou a oficializar como Hino Oficial. No entanto, o que se encontra na internet como Hino Oficial é uma outra música, também muito bonita.  aí está o Hino que fizemos e que não foi aproveitado,mas que guardo com carinho:

ÍBIS ACIMA DE TUDO

Letra: Valdir Barreto Ramos

Música: Daniel de Souza e Eliab Soares de Oliveira

Quando o Íbis entra em campo o meu coração palpita,

Todo o meu corpo se agita, é grande minha emoção,

Todo mundo grita contra, mas pra mim isso não conta,

Pra mim ele é campeão.

 

Campeão de existência e luta,

Campeão de persistência e labuta.

 

É tão grande o seu carisma que até o adversário

Também torce a seu favor. Sua luta é constante,

O seu vôo não é à toa, o Íbis quer o seu lugar.

Ser um “Íbis” é mais que mania,

Pois o Íbis é uma religião.

Sua garra é incontida, sua luta é aguerrida,

Pois vencer sempre é lutar;

E o meu coração palpita, todo o meu corpo se agita,

O Íbis sempre hei de amar.

 

Campeão de existência e luta,

Campeão de persistência e labuta.

 

O hino divulgado como oficial na internet é esse aí:

Hino do Íbis

Letra e Música: Inaldo Vilarim

Vamos meu Íbis pra luta
E em qualquer disputa
Nós estamos ao seu lado
Juro por Deus, eu prometo
Que o pássaro preto
Vai dar tudo no gramado.

Nossa torcida é fiel e organizada
Na geral e arquibancada
Vai vibrar de emoção
Quem espera sempre alcança
A nossa esperança
E ver o ÍBIS campeão.

Nossa galera da poeira
E do asfalto
Quer ver o pássaro preto
Voando sempre mais alto
Somos unidos e queremos prosperar
Nosso lema é competir
Ver o ÍBIS triunfar.

Obs: Avaliem e decidam qual deveria ser realmente o Hino Oficial do Pássaro Preto. 

Mauro Shampoo: Jogador do Íbis, o Pior Time do Mundo, Cabeleireiro e Homem

Obs: Matéria extraída do site www.inovavox.com  

Estava decidido, queria cortar o cabelo em um lugar diferente. No último lugar que cortei a juba, o cabeleireiro arrancou fora metade de minha barba, sem ao menos consultar. Excelente pretexto para conhecer um grande ídolo do futebol mundial. Nada de Ronaldinho Gaúcho ou Romário, muito menos Zidane… eu fui conhecer nada mais nada menos que o mito, o inigualável, o inoxidável, o extraordinário, maior jogador de todos os tempos do Íbis Sport Club, O Pior Time do Mundo, o Jogador, o Cabeleireiro, o Homem e artista de cinema, Mauro Shampoo.

Imagem da época de Shampoo no Íbis, quando foi o Pior do Mundo (Mauro no Destaque)

Shampoo dando um alô pra galera que visita o inovaVOX

Levei minha máquina fotográfica e meu gravador, e em um bate papo descontraído e sem ensaio, Mauro Shampoo mostrou porque conquista a simpatia de todos: Ele é SHOW! SHOW DE BOLA! Ouçam o bate-papo regado de imagens encontradas na net, alguns de trechos do curta-metragem “Mauro Shampoo, Jogador, Cabeleireiro e Homem” lançado em 2006 e vencedor de 3 prêmios.

Foto de divulgação do Filme “Mauro Shampoo, Jogador, Cabeleireiro e Homem”

Coisa típica de salão de beleza, você chega, senta e diz como quer o corte, daí começa a falar das novelas, das roupas que as atrizes estavam usando, do marido da amiga que botou gaia com a empregada e por aí vai… Mas no salão do Mauro Shampoo a conversa gira sempre em torno de futebol, Íbis e claro, ele mesmo. Porque ele é Show!

Vamos aos vídeos com o bate-papo:

1ª PARTE

2ª PARTE

3ª PARTE

Viram? Conversei muito pouco, Mauro dominou o papo no meio de campo e marcou diversos gols com suas palavras irreverentes e sua simpatia. Valeu grande Mauro!!! Depois passo aí pra receber a grana pela divulgação. :D

E quem quiser aparar o gramado com o Mauro Shampoo e de quebra conhecer esta grande figura, deixo o seu cartão de visitas:

ATÉ PELÉ QUER ROMÁRIO NO ÍBIS

(clique para abrir a charge)

http://charges.uol.com.br/charges/20050119som.swf

A INCRÍVEL HISTÓRIA DE MAURO SHAMPOO

(clique para ouvir a música)

http://www.nossosite.biz/Nacionais/OsvaldoMontenegro/AIncrivelHistoriadeMauroShampoo.mid

A Incrível História de Mauro Shampoo 

Composição: Oswaldo Montenegro

Essa é a história verdadeira
Lenda urbana brasileira
Viva Mauro Shampoo!


O centro-avante glorioso da derrota
Que a tristeza a gente enxota
Como enxota o urubu
É no gol contra que se testa a alegria
Gol de placa é fantasia
Pois baião não é blues
E toca bola que essa bola tá pirada
Sempre faz a curva errada
E nosso gol fica nu
E gira a vida como fosse enceradeira
Futebol é brincadeira
Viva Mauro Shampoo!


Mas o anti-craque dessas lidas
No intervalo das partidas
Só porque Deus acode
Pega a tesoura, pente, escova, creme rinse
Mãos de fada, olho de lince
Faz cabelo e bigode
Meio pereba, artista, herói, cabeleireiro
Mete a bola no cabelo que o cabelo sacode
Mauro Shampoo faz do vexame uma festança
E avisa toda a vizinhança
Hoje à noite: pagode!
E agradecido a Deus por tudo conquistado
pelo gol nunca alcançado
É feliz como pode

 

 

COMO SER O PIOR

  Muitos até podem tentar, mas só o Íbis detém o título de “pior time do mundo”. O que começou como uma brincadeira, hoje é uma marca que reúne centenas de aficcionados em todo o planeta. O Pássaro Preto para que não sabe, tem torcida até em Portugal e na Holanda. E eles ficam indignados quando o clube consegue uma vitória pois quebra a tradição. O Íbis foi fundado no dia 15 de novembro de 1938, pela Tecelagem de Seda e algodão de Pernambuco (TSAP). A princípio apenas funcionários da empresa jogavam e mesmo assim eram partidas amistosas. Com a morte do proprietário da empresa, João Pessoa Queiroz, os herdeiros da tecelagem não tiveram interesse em manter o time. Foi então que apareceu a lendária figura de Onildo Ramos, na época gerente da empresa. Foi o próprio Onildo que idealizou o Pássaro Preto como símbolo. O dirigente era admirador das histórias do Egito antigo e escolheu a ave por ser considerada sagrada. Foi só nos anos 70 que o Íbis acabou se transformando num símbolo de time que perde sem parar e ficou conhecido internacionalmente. Quanto à torcida, o Íbis tem sim senhor e esta já se acostumou com o time, e pouco se importa com os resultados negativos. Mas nem só de derrotas é feita a história do Íbis. Ele foi bi-campeão em 1945 e 1946, num torneio início, incluindo os grandes times do estado ( Náutico, Santa cruz e Sport). Em 1948 o Íbis foi campeão pernambucano de juniores. Os torcedores do Pássaro Preto precisaram esperar até 1995 para comemorar o 2º título pernambucano de juniores. Em 1999 o Íbis causou empolgação geral, decidindo o título da segunda divisão com o Ferroviário de Serra Talhada, deixando escapar o título para o adversário. Na elite do futebol estadual em 2000, o Pássaro Preto deu trabalho aos grandes times. Em uma parceria com o Sport, o time conseguiu bons resultados. O melhor deles foi contra o Náutico, no primeiro turno, do campeonato estadual, quando o time venceu por 1X0 em pleno estádio dos aflitos. Mesmo assim, acabou caindo para a segunda divisão.  

 

 

ÍBIS SAGRADA

A Íbis-sagrada (Threskiornis aethiopicus) é uma ave africana da família dos tresquiornitídeos, de plumagem branca, cabeça e pescoço negros e bico longo e curvado para baixo. Também é conhecida pelos nomes de abuanes, íbis-branca e íbis-branco. Esta é a ave-símbolo do Íbis.

 

ÍBIS NA PRIMEIRA DIVISÃO DO BRASILEIRÃO

 “O importante não é competir, mas sim existir!”. Eis o slogan que caracteriza bem que é o espírito do Íbis. Dentre as peripécias de maior repercussão do Íbis, o fato de ter sofrido 3.700 gols e só ter feito 120 gols é uma das razões que o levaram a condição de pior do mundo. “Afinal, não é todo dia que aparece um time como o Íbis”, Por isso, em homenagem a importância do Íbis no futebol nacional e até mesmo no exterior, a CBF resolveu inscrever o ÍBIS SPORT CLUB para disputar  a primeira divisão do campeonato nacional como equipe efetiva desta competição, sem risco de ser rebaixado, a partir de 2007.

OBS: É primeiro de abril!!!!!!!!! rsrsrs

 

DEDICAÇÃO

 "Todos os atletas aqui têm mérito. E é preciso valorizar os times pequenos, uma força pouco reconhecida", reclama o técnico Marcos Costa, ex-jogador, policial, há mais de 30 anos no futebol. Costa, seu auxiliar Nado e o preparador de goleiros Carlinhos - o "trio de ferro" da comissão técnica do Íbis - são abnegados do esporte, profissionais cujo esforço homérico não costuma ser devidamente remunerado nem rende menção no farto noticiário esportivo nacional. O futebol para eles é uma questão passional, uma causa. "Somos conselheiros e pais dos meninos", conta o treinador.

FUTURO

Os tempos são outros; as dificuldades, as mesmas. O elenco atual é composto basicamente de juniores, de 17 a 19 anos, que ganham nada mais que passes de ônibus para chegar a Olinda e treinar. Parece inglório? Pois não faltam jogadores querendo uma chance no Íbis. O presidente Omar Ramos, neto do fundador, quase não sai do celular, tantas são as ofertas. "O time tem um nome forte. Tem camisa", diz, com razão. Mas ele sabe também que todos chegam ao Íbis já em busca de outra chance, de uma boa atuação que os conduza a um time em que ao menos possam ter um salário - essas negociações esporádicas garantem a sobrevida econômica do próprio clube. Do elenco de 1999, honrado vice-campeão da segunda divisão, sete atletas acertaram contratos em Portugal. Em 2000, saíram dali jogadores que depois vingaram em clubes fortes do interior paulista. "Todos os atletas aqui têm mérito. E é preciso valorizar os times pequenos, uma força pouco reconhecida", reclama o técnico Marcos Costa, ex-jogador, policial, há mais de 30 anos no futebol. Costa, seu auxiliar Nado e o preparador de goleiros Carlinhos - o "trio de ferro" da comissão técnica do Íbis - são abnegados do esporte, profissionais cujo esforço homérico não costuma ser devidamente remunerado nem rende menção no farto noticiário esportivo nacional. O futebol para eles é uma questão passional, uma causa. "Somos conselheiros e pais dos meninos", conta Nado. Nessa base, o Íbis labuta à espera do início do campeonato da segunda divisão.

 

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Visitante número: